Revista LOJAS Papelaria - Edição 272

Revista LOJAS Papelaria - Edição 272

30 ABRIL 2018 - LOJAS PAPELARIA QUADROS E TELAS Os quadros estão relacionados com vários segmentos, desde um presente para crianças em fase de aprendizagem, até um produto que vai para dentro de escritó- rios e fabricas para análise, apontamentos gestão e reuniões e treinamentos. “O processo de evolução de um país e de uma sociedade passa pelo grau de ins- trução e educação de seu povo e o quadro tem uma simbologia forte neste quesito. quanto as telas expressam a cultura e a arte de um povo e de um país. E o Brasil tem forte esta característica por sermos um país continente e apesar de sermos um mesmo povo, temos diferenças geográficas e culturais bastante distintas. Nesse sentido, a arte ajuda na integração dessa diversidade”, observa Nilton Carlos Abu- rad, gerente nacional de Marketing e Vendas da Souza. Na area da educação propriamente dita, Aburad avalia que o que impulsiona esse segmento são os investimentos públicos em educação e melhoria da infraestrutura das escolas e, apesar de toda a evolução digital, grande parte das escolas do país ainda é carente em ter uma lousa branca em sala de aula. “No mundo corporativo, o aumento dos negócios e a necessidade de capacitar a mão de obra com treinamento e qualificação, e com aumento de renda, os pais sempre vão querer investir na edu- cação e aprendizado dos filhos, e a lousa escolar para criança é um instrumento de aprendizagem e lazer.” O gerente nacional de marketing explica as características que fazem os produtos de melhor qualidade suas diferenças. “A lousa verde se distingue da branca, princi- palmente pelo uso. A lousa branca com maior intensidade de uso tem caracteristi- cas distintas. Hoje, trabalhamos com a lousa branca standard que é uma chapa de 3mm branca que recebe uma camada de verniz UV e tem uma característica para baixa e média intensidade de uso com um ciclo de resistência à abrasividade de 600 ciclos por metro quadrado. Já para salas de aulas ou quadros que serão usados de forma intensa recomendamos os quadros de luxo, que são de fórmica que já possui Souza apresenta novidades para o mercado Empresa prepara para os próximos 60 dias a mudança na linha de quadros de alumínio luxo, que passarão a ter uma nova cantoneira em ABS, ao invés de polipropileno e que dará maior resistência ao quadro, além de um acabamento mais bonito e robusto um ciclo de abrasividade de 3.000 ciclos e que, realmente, tem uma vida útil maior. Na Europa e nos EUA eles já usam mais o aço cerâmico, que é uma lousa de alta resistência e que tem um ciclo de vida estimado em mais de 20 anos. São produtos com características e acabamentos diferentes. O importante é saber a necessidade do cliente para direcionar o quadro mais adequado.” Em termos de tecnologia e novos materiais, Aburad destaca o aço cerâmico ou porcelana magnética, pois é um material re- volucionário com uma tecnologia superior, porém de fonte im- portada e com um custo alto. “Na prática, ele se paga no longo prazo, mas depende de se fazer um trabalho de médio e longo prazo junto aos órgãos governamentais para mostrar o beneficio desta nova tecnologia.” O gerente nacional de marketing ressalta que o Brasil é um país com muitas oportunidades e o que precisamos é de políticas públicas - e não de partidos políticos - e de seriedade e bom uso dos recursos públicos. “O Brasil só vai sair da encruzilha- da em que está com um povo mais bem educado, capacitado e com condições de cuidar do próprio destino, evitando assim ficar sendo manipulado por políticos demagogos e que pensam mais no seu próprio bem estar do que no bem estar do país e de seu povo.” Novidades A principal novidade da Adelbras para os próximos 60 dias é a mudança na linha de quadros de alumínio luxo, que passarão a ter uma nova cantoneira em ABS, ao invés de polipropileno e que dará maior resistência ao quadro, conforme Aburad, além de um acabamento mais bonito e robusto. “Para o segmento de home office continuamos com o trabalho na linha de quadros coloridos que atendam ao conceito mais decór desses ambien- tes, e a linha de quadros negros com moldura na cor mogno, que também trazem o conceito de vintage retro aos ambientes de bares, restaurantes e áreas gourmets das residências.”

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=