Anuncie

Após lançamento, distribuição de drones voa pelo Brasil

18/11/2019 - 16:11

A Golden, distribuidora oficial da DJI, empresa líder mundial em drones, realizou no dia 13 de novembro, em São Paulo, um evento enfatizando os diferenciais do novo Mavic Mini ao mercado brasileiro

Pesando apenas 249 gramas, o novo drone da DJI foi produzido com recursos de alto desempenho e, muito importante, com capacidade de voo de até 30 minutos.

O Mavic Mini vem com sistema de geofencing da DJI, o GEO 2.0, que ajuda a evitar voos inadvertidos em locais que possam ocorrer acidentes. Além disso, está equipado com o sistema AeroScope para identificação remota, que permite equipes de segurança pública detectem, identifiquem e localizem o drone e seu piloto durante os voos. O AeroScope é um sistema que protege aeroportos, estádios, eventos de alta segurança e outros locais sensíveis em todo o mundo.

Com mais essa novidade, a DJI reforça seu compromisso de contribuir com a segurança. É fato que a legislação passa por modificações para se adaptar. As autoridades responsáveis pela aviação no Brasil dizem que as principais mudanças serão a certificação de pilotos, os voos sobre pessoas, a redefinição das “áreas distantes de terceiros” para operações BVLOS e acima de 120 metros de altura.

Em paralelo, órgãos reguladores de países como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Europa continental, Austrália concordam que os drones com peso inferior a 250 gramas são praticamente inofensivos, pois em uma queda ou colisão, um drone sub-250g não causa o mesmo tipo de dano que um drone mais pesado pode causar.

Para oferecer suporte aos revendedores, a Golden Distribuidora possui uma unidade de negócios exclusiva, composta por uma equipe que entende o portfólio da DJI. “Nosso objetivo é oferecer a melhor experiência de compra, da pesquisa ao pós-venda. O atendimento de qualidade é, desde o nascimento da Golden, nossa prioridade”, declara Davi Saadia, CEO da Golden Distribuidora.

Em constante evolução, o mercado de drones no Brasil conta com mais de 73 mil aparelhos cadastrados na Anac até junho de 2019. A Interact Analysis avisa que daqui a 3 anos serão vendidos mais de 620 mil drones comerciais. Esse volume projetado encontra base na pesquisa da Singularity University, corporação do Vale do Silício, que se concentra no progresso científico e nas tecnologias exponenciais. De acordo com o estudo, há uma estimativa diária de 10 milhões de voos com drones no mundo levando em consideração um prazo de 5 anos. Atualmente, a previsão é que 100 mil drones estão no ar diariamente no mundo.

  Mais notícias