Anuncie

A importância do visual merchandising para as papelarias

01/08/2019 - 10:08

Uma papelaria deve servir como fonte de inspiração ativa e que informe aos clientes as diversas possibilidades de “brincar” com os produtos que a loja vende.

A recomendação é de Ará Cândio, fundador e visual merchandiser da VIU Visual Merchandising. E ele alerta: o VM (visual merchandising) é fundamental para todo e qualquer tipo de espaço que comercializa produtos. 

“A aplicação de técnicas do VM é sempre focada em um discurso que dá vida aos produtos, ajudando que estes demonstrem, através de uma apresentação visual, a sua importância para o dia a dia do consumidor”. 

Estas e outras dicas importantes serão transmitidas pelo especialista no dia 4 de agosto (domingo), às 13h, na palestra especial Como tornar sua vitrine atraente em datas comemorativas, dentro da programação da Escolar Office Brasil 2019, que acontece no Expo Center Norte de 4 a 7 de agosto. Na apresentação, Ará vai mostrar que há um tempo factual para que o processo em VM seja aplicado na loja de modo correto.

Criatividade

Com pós-graduação em Marketing de Moda, graduação em Hotelaria e passagens por empresas como Lush, Guerreiro Joias e Daslu, no Brasil, Levi’s, na Inglaterra, Ará defende que precisa haver criatividade nos pontos de venda.

“Uma papelaria serve tanto no discurso passivo para a seus clientes, quanto para uma fonte de inspiração ativa e que informe aos clientes as diversas possibilidades de brincar com os produtos que a loja vende”.

A boa notícia é que algumas técnicas de VM são de uso imediato. Um bom exemplo é a forma de sugerir presentes em datas comemorativas em pontos importantes e focais dentro da loja – os chamados “hot spots” - com produtos “casados” e que passem a informação da data comemorativa de que fazem parte. Por se tratar apenas de utilizar coordenação de produtos já existentes e à venda na loja, não há necessidade de investimento. 

Agora, para projetos mais completos e complexos, Ará aconselha a contratação de um consultor. “É importante para o lojista é lembrar que a contratação de um especialista em VM é para ser aplicada para durar muitos anos, e deve ser encarada como um investimento a ser feito no espaço de venda, e nunca um custo”.

Papelaria e Livraria Conceito

Os visitantes da Escolar Office Brasil 2019 poderão conhecer algumas técnicas de VM na prática ao passar pela Papelaria e Livraria Conceito.

Ará desenvolveu o projeto desta que é a principal experiência da edição deste ano. Nele, o especialista quer provar que nas papelarias e livrarias, nos dias de hoje, a experiência do consumidor dentro da loja conta muito mais história do que apenas o discurso de que a loja é apenas funcional. “Uma loja atual, com a ajuda de um bom serviço, vende emoção”, ensina.

A Papelaria e Livraria Conceito é uma instalação moderna e inspiradora, que mostra na prática como os lojistas podem lançar mão de técnicas simples, porém eficazes, para transformar suas lojas num ambiente encantador, charmoso e atrativo.

Com foco no “Atendimento ao Cliente”, o espaço oferece visitas guiadas que demonstram como o lojista pode adotar estratégias eficientes de vendas avulsas e casadas, melhorar a distribuição de marcas e categorias nas prateleiras e racionalizar o fluxo e circulação dos clientes.

Neste ano, a Papelaria e Livraria Conceito apresenta também o universo combinado desses dois segmentos, com a inclusão de livros no mix de produtos e a chegada de novos parceiros: a CBL (Câmara Brasileira do Livro) e a ANL (Associação Nacional de Livrarias).

  Mais notícias